quarta-feira, 16 de agosto de 2017

DESABAFO DE UM ZÉ

O Zé é um tipo irritado com a vida, um pai de família que trabalha muito, descansa pouco e nunca tem tempo para nada, que não seja o compromisso com seu patrão.
- Agora se chegar cinco minutos atrasados na empresa o funcionário vai receber advertência.- Como assim? O empregado está fodido, pois a reforma trabalhista está beneficiando mais ao patrão do que nunca.  reformas essas feitas as pressas, por uma corja de corruptos marginais, que nem a população tem noção do que realmente se trata. E eu tento me aposentar e não consigo, pois a 3 anos atras pedi uma contagem e faltavam 2 anos para isso, agora pedi nova contagem e faltam 1 ano e 3 meses. Ou o INSS não sabe fazer contas ou pensa que sou burro. A mulher do Zé nunca sabe se ri ou chora. - Como assim?! -Tu é descerebrada ou que mulher?  Zé se achava mesmo um miserável sem sorte, pois nem a esposa tinha pena dele. Ela até tinha, mas acabou por cansar.
As vezes ela também ficava triste e cansada, pois trabalhava em casa, fazia jornada dupla, cuidava dos filhos, etc, etc... O marido a muito tempo se auto elegeu a vítima da família, e não havia nada que ela ou qualquer um em casa fizesse para mudar a sua opinião a respeito. Portanto o Zé era mesmo um fodido.

Guerreira Xue




PENSAR E VIVER

Pare de pensar, e comece a viver
Porque o que quero nesse momento
É estar com você
Eu não sei explicar tamanho carinho
O que era ontem de repente morreu
Agora só existe nós dois aqui  nesse universo
O amanhã ainda sequer nasceu
Então deixe de fugir sozinho
De andar ao léo, disperso
Penso que eu não devia pensar, mas ainda penso
E estou a  cogitar
Pois apesar de tudo, a terra lá fora continua a girar
E ninguém liga se vivemos ou não
Portanto pare de chorar e me beija
Hoje o mundo já não tem salvação
E a esperança
É cada um que a leva no coração.

O tempo vai se esgotando...

Portanto pare de pensar e comece a viver
Antes que seja tarde, escute
O relógio da matriz anuncia a alvorada
E logo todos vão a igreja para rezar
Pedir o que não tem, se confessar
Eles estão perdidos, pois nunca entenderam nada
É chegado o fim da estrada e vamos desaparecer
Me dá a sua mão e confia
Porque se Deus existe, ele estará lá
Do contrário desapareceremos os dois, juntos.

Guerreira Xue




domingo, 30 de julho de 2017

LOUCOS COM ASAS

Não perguntes como cheguei
Só sei que cheguei e aqui estou
Mas eu não vim para ficar
Em seguida para o alto me vou
Porque os meus sonhos voam
E eles andam por todo lugar

Quem vive sabe
Mesmo que não possa compreender
Que no mundo é preciso sonhar
Ou não vale a pena viver
Somos os loucos com asas
Guerreira Xue