sábado, 24 de junho de 2017

MAMÃE EU SOU GAY

Otávio estava no trabalho, inspecionando uma obra lá para os lados do Catete quando no meio da reunião com os operários o celular toca; oi, desculpe não posso conversar agora, te ligo daqui a pouco. E o telefone tocou mais umas tantas vezes. Era sua ex esposa, e pelo jeito era muito importante, tanto que assim que acabou a  reunião Otávio retornou; que foi Julia, qual a emergência? A voz dela era angustiada; precisamos conversar urgentemente, é sobre nosso filho. pode ser hoje?
- Pode claro, jantamos juntos as 20:00. Beijos.
Julia era a segunda ex esposa de Otávio. Ela sempre fora muito séria e compenetrada, ambos tinha um filho, o Augusto que agora beirava aos 18 anos. Um menino calmo, tranquilo, estudioso e estava para cursar engenharia  na Universidade Federal. Otávio nunca tivera muito tempo para Augusto e a separação acabou por distancia-los ainda mais, e isso as vezes o incomodava um pouco. Agora não tinha ideia do que se passava, mas com certeza logo saberia.
Otávio fora criado no exterior por uma mãe adotiva e sempre tivera bom status econômico.Também tinha formação em engenharia civil ele tinha um bom cargo numa multinacional e uma vida confortável. Casou-se três vezes ... Com a primeira esposa nem chegou a ter filhos, com a Julia tinham Augusto e com a terceira, a atual, tinha um casal de gêmeos com cinco anos.
Ao jantar conversaram amenidades, e logo entraram no assunto, pois Julia estava muito ansiosa.
- O Augusto é gay Otávio - Otávio ficou mudo por instantes, como que a espera de mais; - E...
-  Como e... Você não entendeu o que eu disse? o nosso filho é gay!- tudo bem fique calma. Ele te disse ou você perguntou? - eu "peguei" ele no quarto com o colega Marcelo, e os dois estavam fazendo sexo na cama.
Otávio já recomposto contemporiza- olha querida deve ter sido um constrangimento para todos sim, mas ainda não o rotula como gay. - como não, se estavam fazendo sexo, e quando dois homens fazem sexo, são gays sabia? - Em primeiro lugar não são dois homens, são dois jovens de 17 anos. Em segundo lugar, pode ser só uma experiencia entre amigos. - Abre os ouvidos Otávio, o nosso filho é gay. Tivemos uma conversa hoje a tarde, e ele admitiu. Disse que ambos namoram tem 3 anos e se gostam muito e que vão morar juntos quando forem para a universidade.
Otávio pensava em como perdeu a intimidade com o filho com a separação, alias antes dela não tinha tempo também. "que merda". - Tudo bem fique calma - calma o que, Augusto é meu único filho, eu não terei netos e ainda terei de encarar as minhas amigas, quando souberem que meu filho é uma bichinha afrescalhada. Que vergonha!
-Estou muito surpreso com isso que acabas de dizer. Você sempre enchia a boca para dizer que não tinha preconceitos, e era liberal democrata e agora dizes essas asneiras todas! O que você quer afinal, se era me contar que Augusto é gay, agora já me contou, e o que vamos fazer? Nada. Estas surpresa, tudo bem eu também estou, mas pronto. Preste atenção Julia, ser gay não é uma doença contagiosa ou terminal. Ser gay é uma preferencia sexual pessoal e intransferível. Não venha com ideias de que não terás netos, pois os gays em geral tem filhos, e Augusto só não os terá se não quiser, e isso também é outra opção pessoal. O Augusto é nosso filho querida e queremos o melhor para ele, ou não?
A seguir ele percebe o quanto foi rude com Julia, pois ela tremia de nervosa e estava realmente apavorada e prossegue; - desculpe, fui pego totalmente de surpresa, tanto com a noticia como com a sua reação. E te peço encarecidamente que você não crucifique o nosso filho por causa disso. Repito, a opção sexual é dele, assim como a  minha foi e como a sua foi. - Ahhhh mas nós somos normais Otávio - Tome sentido no que estas dizendo agora, pois você é a mãe dele... É melhor você descansar agora Julia, refrescar as ideias, falamo-nos depois mais.
Otávio se despede e vai para casa pensando; "eita mundo doido. As pessoas dizem o que não são, só para serem aceitas socialmente, e quando são o que dizem são apedrejadas até pela família.

Guerreira Xue